Assine o Feed

terça-feira, 22 de dezembro de 2009

Review: Fight Ippatsu! Juuden-chan





Leandro Nisishima

 
Níveis de depressão: eles variam de A a F (sendo o A o mais grave)
 


Quem acompanha o Subete Animes deve se lembrar que Fight Ippatsu! Juuden-chan foi uma série muito criticada, sobretudo por causa do excesso de fanservice desnecessário (embora só tivesse assistido um episódio naquela época). Contudo, nem todas as críticas que li sobre o anime foram negativas, e alguns sites bem severos deram uma ótima nota para Juuden-chan (nada de outro mundo, mas acima do que se espera de uma série ecchi). Só isso foi o suficiente para me fazer reconsiderar a minha opinião inicial e nessa segunda vez frente ao anime, apenas digo que ele não é tão ruim assim quando aparenta. O que realmente estraga a série (e como já foi dito) é o excesso de fanservice desnecessário, mas em alguns casos, é bem verdade que esse fanservice renda algumas piadas interessantes e até parodia justamente o uso desse recurso em outros animes.

Se for possível ignorá-lo o espectador estará diante de um enredo, que se não é brilhante, a menos é divertido, por vezes sério e cercado de personagens carismáticos (e eles não são carismáticos por causa do fanservice e moe). A história do anime envolve um grupo chamado Juuden-chan, que vive num universo paralelo e tem como missão "recarregar" as pessoas da Terra (ou se preferirem do Japão). Por recarregar pense exatamente no termo literal. Em resumo, quando uma Juuden-chan encontra uma pessoa depressiva e de mau humor, ela literalmente enfia uma tomada atrás dela e joga uma grande descarga elétrica, reanimando a mesma.

Essa temática pode parecer ridícula inicialmente devido a roupa fanservice das Juuden-chans (a Plug não será a única), ao instrumento usado e as situações "bestas" na qual Plug se envolve. Por outro lado, na medida em que a história avança é possível ganhar simpatia tanto pela protagonista, quanto pelas próprias vitimas. Diria que Fight Ippatsu seria uma espécie de Jigoku Shoujo ou Shigofumi virado de cabeça para baixo. Ao longo do anime teremos vários casos de pessoas com problemas sociais, e a resolução da maior parte dos casos virá de forma um tanto quanto bem humorada. E no meio disso há até destaque especial para a protagonista Plug, já que ela recarrega as pessoas de uma maneira diferente e especial (e não posso entrar em maiores detalhes quanto a isso).

E é impossível não simpatizar com a personagem ao longo do anime. De começo, Plug parece uma típica garota moe e cercada de inocência, mas como sempre dizem, as aparências enganam. Plug é tudo menos inocente e não vou negar que a menina por vezes tenha pensamentos pervertidos, mas ao lado deles há um forte senso de humor e justiça (por mais clichê que a frase possa parecer). Inicialmente tive raiva da Plug, mas ao longo dos episódios cheguei ao ponto de simplesmente torcer por ela em praticamente todas as suas missões.

Além dela, há um elenco de muito carisma. Vou começar apresentando Alesta, uma Juuden-chan que forma dupla com Plug. Ela é a perfeita personificação de uma personagem tsundere, mas tudo levado para o lado da paródia. Alesta não chega a render tantas piadas quanto Plug, e a personalidade dela até por ser bem padrão não tem o brilho presente em Plug (o que não muda o fato de que Alesta é o alvo perfeito para uma personagem "sapeca" como Plug). Por outro lado sua importância será alta na história, então obviamente valia a pena comentar.

Mas se tem um personagem de grande presença, esse sem dúvidas é Sentou (sem piadas, por favor). O rapaz é uma das poucas pessoas do mundo normal que pode enxergar as Juuden-chans, e estará presente desde o começo da história, graças a depressão da sua irmã Hakone. O jeito diferente de Plug resolver os problemas das pessoas (ao contrário de Juuden-chans sérias como Alesta) atrairá a atenção de Sentou, embora ele nunca dispense bater em Plug com um bastão de beisebol, quando essa passa dos limites.

Alguém pode estar achando estranho o fato de dar tanta atenção aos personagens, mas é justamente isso que faz Juuden-chan pelo menos valer o seu tempo. Tirando o fanservice cada personagem tem uma personalidade única, que com o tempo cativará o espectador. Junto disso, a temática ajuda em grande escala, já que cada caso não está ali apenas para ser resolvido, eles dão rumo para a história e serão importantes do ponto de vista do desenvolvimento dos personagens, em especial o trio Plug, Alesta e Sentou.

Há ainda uma história paralela de Mahou Shoujo que diz um pouco sobre o enredo, e ironicamente é usada por Plug nos momentos em que ela precisa de inspiração. Para dizer a verdade há cenas ali um tanto quanto inadequadas mesmo para um anime que foi exibido de madrugada. Em certos momentos foi um recurso meio mal utilizado pelos produtores (poderia simplesmente estar ausente, ou pelo menos ser mais leve), embora carregue o forte ar de paródia já citado aqui.

De qualquer jeito, caso tenha uma boa capacidade de abstração, goste de comédias ecchi, esteja a procura de algo divertido e com personagens cativantes, e ainda tudo isso junto com algum enredo de fundo (e nesse ponto embora Juuden-chan não seja excelente, já está acima de um K-ON!. Não que esse último tivesse algum enredo para efeito de comparação), Fight Ippatsu! pode ser a escolha certa.


Sentou tentando educar a desligada Plug

Nota: 6,0 - Sempre me perguntam o motivo para atacar as séries ecchi, e digo que o grande problema delas é ter apenas personagens que só servem para mostrar a calcinha e os peitos. Não que Juuden-chan não seja assim, mas pelo menos o título dá atenção aos seus personagens e enredo (apesar de não negar o final aberto e decepcionante).
Share this post
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...

0 comentários

:) :-) :)) =)) :( :-( :(( :d :-d @-) :p :o :>) (o) [-( :-? (p) :-s (m) 8-) :-t :-b b-( :-# =p~ :-$ (b) (f) x-) (k) (h) (c) cheer

 
© Kotatsu Shinbun
Designed by BlogThietKe Cooperated with Duy Pham
Released under Creative Commons 3.0 CC BY-NC 3.0
Posts RSSComments RSS
Back to top