Assine o Feed

quinta-feira, 8 de janeiro de 2009

Hayai!

por Thiago3T e Carlírio Neto (Equipe KS)

Yo!

Está sessão é destinada a pequenas notícias do mais variados assuntos que aconteceram no Japão, ou que tem algum impacto aqui no Brasil. Toda edição as principais novidades serão colocadas nesse espaço. Para começar, nessa edição zero temos surpresas do sucesso Suzumiya Haruhi, as novas estréias do Animax (o canal que faz a cabeça dos fãs de animes, ou talvez nem tanto...), o anúncio de "Tsukimi no Ie" e "Depatures", além de um ranking dos jovens atores com as melhores expectativas para 2009. E isso será apenas o começo!

E sem mais enrolação......

*****

E a espera continua...

A (longa) espera da continuação de Suzumiya Haruhi parece ter o seu culpado: o produtor Kadokawa Shoten, Itou Atsushi. Por ele estar trabalhando também na direção de Ga-rei-zero, afirma não conseguir se dedicar nos dois trabalhos simultaneamente.

Itou disse também que nem tocou no projeto, mas está em andamento

“Esta espera está me deixando entediada”


Fonte: Animeblade

E para amenizar (ou piorar) pelo novo anime, serão lançados 3 games, sendo dois para Wii e um para DS. O primeiro, entitulado "Suzumiya Haruhi no Gekidou", teve data prevista de lançamento no dia 22 de janeiro. Basicamente é jogo de dança, mas contém outros minijogos (como jogar jokenpô contra Mikuru ou rebater um lançamento de Baseball da Haruhi). No canal da Kadokawa tem um vídeo do jogo:


Dançar (mais) uma vez Hare Hare Yukai


Os outros dois jogos estão com lançamento previsto para Março.

*****

Estréias no Brasil

O Brasil também terá suas novidades este ano. Bem, nem tanto....

Death Note está confirmado para Março, no Animax. Enquanto o Cartoon Network vai apresentar Bakugan: Guerreiros da Batalha, e a 2ª temporada de Naruto para Abril.

E para os fãs de tokusatsu, a Rede Globo comprou Kamen Rider Dragon Knight. Provavelmente será exibido em junho/julho (férias escolares do meio do ano), junto com um pacote já adquirido. Mas, quem sabe já em Março teremos surpresa nas volta às aulas, quem sabe....

Fonte: AnimeBlade / Jbox

*****

Concorrência acirrada

Ameba News postou a primeira parte da entrevista com Shomu Shirogane, que é um seiyu, narrador e presidente da Winner Entertainement voice-acting management agency. Shirogane diz que cerca de 1.600 trabalham como dubladores no Japão. Destes, apenas 10% trabalham exclusivamente na profissão tão cobiçada. 80% precisam fazer “bicos”, e o restante são atores, ídolos ou atuam em outras áreas artísticas. Outros 80.000 são considerados em potencial, ou estão pretendem ser um seiyū.

Muitos destes estão estudando nas mais de 50 escolas profissionais que existem no Japão. E Shirogane reconhece que é difícil obter sucesso na carreira, mesmo para a metade que estão com contrato em alguma agência.

Um exemplo é Shirashi Minoru (assistente do Lucky Channel, em Lucky Star). É conhecido que ele trabalha em um restaurante familiar: CoCo´s.

Quem disse que era só aqui no Brasil é difícil seguir a carreira de dublador.


FONTE: ANN

*****

Japão no Oscar

Esta semana saiu a lista de indicados ao Oscar 2008. E um filme japonês concorre na categoria de “Melhor Filme Estrangeiro”:

Melhor filme estrangeiro
Der Baader Meinhof Komplex, de Uli Edel (Alemanha)
Waltz With Bashir, de Ari Folman (Israel)
The Class, Laurent Cantet (França)
Departures (Okuribito), Yojiro Takita (Japão)
Revanche, de Gotz Spielmann (Áustria)


Sinopse:
Daigo Kobayashi é um jovem casado que acabou de ser dispensado da orquestra na qual tocava violoncelo. De repente, vagando pelas ruas sem emprego ou mesmo esperanças em relação à carreira, Daigo decide voltar para sua cidade natal na companhia da esposa. Lá, o único trabalho imediato que lhe aparece é como "nokanshi", uma espécie de coveiro especial responsável pela cerimônia de lavagem e vestimenta dos mortos antes que suas almas caminhem para o outro mundo. Daigo comporta-se com seriedade, algo como um burocrata, um porteiro entre o céu e a terra. Ocorre que seu trabalho é simplesmente desprezado pela esposa de Daigo e por todos ao seu redor. Mas é através da morte que ele finalmente compreende o sentido da vida.

Trailer do filme:


Três filmes japoneses já ganharam na categoria:

- Rashomon, de Akira Kurosawa, em 1952;
- As Portas do Inferno (Jigokumon), de Teinosuke Kinusaga, em 1955;
- Samurai (Miyamoto Musashi), de Hiroshi Inagaki, em 1956;

Outro nipônico na disputa pela estatueta é “Tsumiki no Ie" ("La Maison en Petits Cubes”), de Kunio Kato. Concorre na categoria de “Melhor Curta de Animação”.

Lembrando que um anime já recebeu a estatueta: A Viagem de Chihiro (Sen to Chihiro no Kamikakushi), de Hayao Miyazaki, ganhou na categoria de Melhor Animação em 2003.

*****

Promessas de 2009

Em mais um pesquisa da Oricon, entrevistou cerca de 1.000 jovens no Japão sobre de quais jovens atores tem melhores expectativas para 2009. O mais lembrado foi Haruma Miura, que ficou em terceiro ano passado. Miura obteve sucesso ao interpretar um gênio hacker, Fujimaru Takagi, na versão para TV do mangá “Bloody Monday”.

A lista com o 10 primeiros:

1. Haruma Miura
2. Takeru Sato
3. Junpei Mizobata
4. Hiro Mizushima
5. Hayato Ichihara
6. Kenichi Matsuyama
7. Shohei Miura
8. Yu Shirota
9. Yusuke Yamamoto
10. Osamu Mukai

Fonte: Tokyograph

*****


Cross Over

Tela de versus de "Tatsunoko vs Capcom": Sôki ( Ominusha ) e Roll ( Megaman
Powered Up! ), contra Casshern
( Casshern ) e Ryu ( Street Fighter ).

O jogo de luta que reúne personagens da criadora dos Street Fighters ( Capcom ) e uma conhecida empresa de animação ( Tatsunoko ) não teve uma boa vendagem em seu lançamento. Trata-se de "Tatsunoko vs Capcom: Cross Generation of Heroes".

O jogo em si é bem polido, com gráficos chamativos e boa jogabilidade. Porém, algumas pessoas associam a baixa vendagem deste jogo à sua exclusividade com o Nintendo Wii ( contraditório ), enquanto que outras preferem culpar o baixo número de personagens presentes ( ou alguns dos personagens existentes no jogo ).

Vale lembrar que os primeiros crossovers tiveram um baixo número de personagens ( vide o primeiro "Marvel vs Capcom" ). Mas esse fator não impediu o jogo citado de ser o sucesso que foi...

Apesar deste revés, "Tatsunoko vs Capcom: Cross Generation of Heroes" é um jogo interessante e que merece atenção. Há quem diga que o jogo terá uma continuação ( por hora, apenas boatos ), com a implementação de novos personagens e sendo ( talvez ) multi-plataforma.

Enquanto isso, "Mortal Kombat vs DC Universe" é um sucesso em vendas, possibilitando a produção de uma seqüência.

O jogo coloca frente à frente personagens da conhecida série "Mortal Kombat" com alguns dos mais famosos representantes do universo da DC Comics. E realmente o jogo é muito bem feito, graficamente falando.

Muito embora haja sobre o mesmo algumas queixas, ( como os "fatalities" dos representantes da DC, e até de alguns do lado de MK ), o jogo em si vale uma bela jogatina, em suas versões para o PlayStation3 e XBox360.

Coringa: "Estou rindo à toa".


*****
Share this post
  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...

0 comentários

:) :-) :)) =)) :( :-( :(( :d :-d @-) :p :o :>) (o) [-( :-? (p) :-s (m) 8-) :-t :-b b-( :-# =p~ :-$ (b) (f) x-) (k) (h) (c) cheer

 
© Kotatsu Shinbun
Designed by BlogThietKe Cooperated with Duy Pham
Released under Creative Commons 3.0 CC BY-NC 3.0
Posts RSSComments RSS
Back to top